Automobilismo em São José dos Pinhais

Nas décadas de 50 e 60 as ruas de São José dos Pinhais transformaram-se em pistas de corridas. As carreteiras eram carros Ford ou Chevrolet, adaptados com motor V8. Competiam na cidade Adir Moss, Agostinho Tozo, Germano Schögl, Miroslau Socachewski, Waldemiro Lopes, Euclides Bastos, Paulo Buso, Angelo Cunha e Vaz Lobos. Muitos participaram das gloriosas “Mil Milhas de Interlagos” tendo Germano com a parceria de Euclides Bastos (Perereca) atingido o melhor resultado...


100 anos de Ernani Zetola

Ernani Zetola deu início à sua educação no Colégio São José (complementar), onde realizou a primeira série do primário, e no Grupo Escolar Silveira da Motta, no qual completou o curso primário. Como no município não havia instituições que oferecessem o ginasial e o colegial, mudou-se para Curitiba, onde continuou seus estudos no Colégio Novo Ateneu. Ernani completou, também, curso de técnico em contabilidade, na Escola Técnica de Comércio “De Plácido e Silva”, no ano de 1950, mas nunca exerceu essa profissão.

Identidade Negra: Trajetórias AfroSão-Joseenses

O contar da história do município de São José dos Pinhais, na maioria das vezes, teve o olhar voltado aos europeus. Os poloneses da Colônia Murici, os ucranianos da Colônia Marcelino, os italianos do Mergulhão, alemães e poloneses na Colônia Afonso Pena, entre outros. Todos eles tiveram merecido destaque econômico e social da cidade. Mas […]

Aeroporto Afonso Pena: asas para o mundo

No contexto da Segunda Guerra Mundial, o então presidente brasileiro Getúlio Vargas tem uma grande decisão a ser feita. No início da década de 1940 o Brasil ainda não havia decidido por se alinhar às forças do “Eixo” (Alemanha, Itália e Japão), ou aos Aliados (Inglaterra, Estados Unidos, União Soviética, entre outros). Deveria haver uma […]

Retrato da indústria em São José dos Pinhais no século XX

Esta exposição pretende apresentar a história da industrialização do município, oferecendo um panorama geral e uma breve história de algumas indústrias. É dividida em quatro fases, que englobam algumas décadas e revelam a transformação da indústria são-joseense, além de apresentar, também, o brasão da cidade e, em painel suspenso, a lista de todas as indústrias […]

Força Expedicionária Brasileira (FEB)

Durante o Estado Novo (1937 – 1945), o governo brasileiro viveu a instalação de um regime ditatorial comandado por Getúlio Vargas. Repressão e Nacionalismo era a ordem política no Brasil na época da Segunda Guerra.Quando Getúlio Vargas chegou ao poder, ainda em 1930, tinha objetivos claros: o desenvolvimento da siderurgia nacional, que alavancaria a industrialização […]

Padre Pedro Fuss

A exposição visa resgatar a história de uma personagem que, embora falecido, está presente na memória de muitos são-joseenses até os dias atuais. Pedro Fuss foi lembrado não apenas por ser um padre carismático ou pelos seus famosos exorcismos, mas, acima de tudo, pelas ações sociais que ele promoveu. Filho de George e Anna Fuss, […]

O Mundo Mágico dos Ningyos

A exposição “O Mundo Mágico dos Ningyos”, uma realização do Museu Oscar Niemeyer (MON), apresenta ao público uma coleção de bonecos japoneses que fazem parte do acervo de arte asiática formado por mais de três mil peças e doado recentemente pelo embaixador Fausto Godoy ao MON. A mostra poderá ser vista a partir do dia […]

Centro histórico de São José dos Pinhais

A maquete, representando o centro histórico da cidade em meados da década de 1920, foi confeccionada por estagiários de arquitetura juntamente com a Secretaria de Cultura e Urbanismo de São José dos Pinhais. O trabalho foi realizado em 2004, através de uma comissão formada pelo COMPAC (Conselho Municipal de Patrimônio Histórico), liderada pelo arquiteto Marcelo […]

Imigração em São José dos Pinhais

De um modo geral a imigração de Alemães, Portugueses, Japoneses, Poloneses, Italianos, Ucranianos, Austríacos, Franceses e Espanhóis para o Brasil se deu pelo mesmo motivo. A Europa passava por uma grave crise econômica na época, e o Brasil necessitava de massas de trabalhadores e por isso o governo estimulou-os a imigrarem para o país. De […]

O espetáculo da imagem em movimento:
a história do cinema em São José dos Pinhais

No final do século XIX houve uma considerável produção de aparelhos e conceitos que proporcionaram o desenvolvimento das primeiras técnicas cinematográficas. Contudo, o grande marco da história do cinema foi a primeira projeção pública do cinematógrafo, que aconteceu em Paris no ano de 1895, com os irmãos franceses Auguste e Louis Lumière. Quinze anos após […]

Indústria João Senegaglia

O espaço cultura da Secretaria Municipal de Cultura, homenageia o Sr. João Senegaglia, uma personalidade importante que contribuiu no crescimento econômico do município de São José dos Pinhais. Imigrante italiano que chegou em 1903 neste município e teve seu primeiro emprego na Fábrica de Brinquedos e Funilaria de José Gravina em Curitiba, que oportunizou aos finais de semana, produzir objetos de utensílios domésticos para aumentar sua renda financeira.

História do dinheiro

O dinheiro que nós utilizamos para comprar bens e serviços têm uma longa história…A primeira forma de transação comercial que existiu denomina-se escambo, onde uma pessoa que possuísse algo em excesso (roupas e tecidos) trocava com outra por algo que desejasse (peixes, frutas e grãos).Depois disso se desenvolveu a moeda de troca que era uma […]

Zacarias Alves Pereira: o marco da história artística são-joseense – 12/05/2014

Biografia Nhô Zaca No dia 30 de outubro de 1861, nasce em São José dos Pinhais na condição de escravo o menino Zacarias, cujo registro está no Livro de Batismo nº 6 da Casa Paroquial desta cidade. No ano de 1873, aos 12 anos de idade deixa de cumprir as obrigações de servidão, e recebe […]

previous arrow
next arrow
Slider


Exposições em cartaz

Nesses tempos de pandemia, todos os museus do mundo foram afetados, inibindo suas atividades culturais. Ainda assim, o Museu Municipal não parou de realizar suas pesquisas históricas em prol de novos projetos expositivos. Para tanto, teve que se adaptar as novas circunstâncias e se reinventar. Buscou trabalhar com as tecnologias digitais, para desenvolver ações atrativas e oportunizar um alcance de público ainda maior. Trabalhar nas redes virtuais tornou-se uma ferramenta imprescindível e como resultado, a Secretaria Municipal de Cultura, através do Museu Municipal Atílio Rocco, entrega à população são-joseense os projetos Tour Virtual, e a criação do site do museu.

A população são-joseense conhecerá o museu através do Tour Virtual, visitando sua área externa, a fachada do prédio construída na década de 1910, todas as salas expositivas em seu interior.

Slider
Exposições encerradas